Cursos mais concorridos na ETEC Júlio de Mesquita

Estudar em escolas que oferecem cursos de alta qualidade e ainda preparam os alunos para o mercado de trabalho, como as Escolas Técnicas Estaduais, é o desejo de muitos jovens. E, por isso, a concorrência para conseguir uma vaga nas ETECs é muito grande. Pensando nisso, vamos falar um pouco sobre os cursos mais concorridos na ETEC Júlio de Mesquita (Santo André).

Na Etec Júlio de Mesquita, os cursos técnicos mais procurados são o de Mecatrônica – Integrado ao Ensino Médio com, em média: 14,75 candidato/vaga e Edificações 11,00 candidato/vaga.

O profissional técnico de mecatrônica

O profissional técnico em mecatrônica atua no projeto, na execução e na instalação de máquinas e equipamentos automatizados e sistemas robotizados, realizando: manutenção, medições e testes de máquinas, equipamentos e sistemas, conforme especificações técnicas. Além de operar equipamentos e realizar manutenções preditiva, preventiva e corretiva. 

Podendo trabalhar em indústrias automobilísticas, fabricantes de máquinas, componentes e equipamentos robotizados e laboratórios de controle de qualidade. 

O profissional de Edificações

O profissional técnico de Edificações atua no desenvolvimento e execução de projetos, elaborando orçamento e memorial descritivo. Além de supervisionar a realização de diferentes etapas do processo construtivo e orientar serviços de manutenção de equipamentos e de instalações.

Podendo trabalhar em empresas públicas, privadas e do terceiro setor na área de Construção Civil, escritórios de projetos e de construção civil e canteiros de obras.

Além destes, a ETEC Júlio de Mesquita também oferece os cursos de: Cursos oferecidos: Automação Industrial, Cozinha, Eletrônica, Mecânica, Meio Ambiente, Nutrição e Dietética e Química. 

Sobre a ETEC Júlio de Mesquita

Criada em 1935, com o nome do jornalista que dirigiu o jornal O Estado de São Paulo, Júlio César Ferreira de Mesquita, a escola já passou por diversas denominações: Ginásio Industrial Júlio de Mesquita (1965), Centro Estadual Interescolar Júlio de Mesquita (1976) e Escola Técnica Estadual Júlio de Mesquita (1982), quando foi incorporada ao Centro Paula Souza.

Quer saber mais sobre o perfil do profissional técnico em mecatrônica e edificações? Então, não deixe de acompanhar os nossos próximos posts no blog!

Compartilhe Nas Redes Sociais

Últimas Publicações

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades do Cintter!

VEJA TAMBÉM

PREENCHA O FORMULÁRIO
E INSCREVA-SE NA LISTA VIP!